quarta-feira, novembro 21, 2007

Um dia vindo do inferno!



Acordei as 8 para acabar de formatar uma espécie de um trabalho que tinha de levar para as aulas hoje, nisto o word crasha e o documento recuperado só tem metade do que eu tinha feito. Imprimo assim como estava, e saio. Tinha uma hora para chegar às aulas tempo mais do que necessário num dia normal e o tempo adequado para um dia de greve como foram todos esta semana. Começou quando não consegui tirar uma velib, fikei logo com os planos estragados, por duas vezes recusou-me o cartão de crédito. Tive de ir para a estação do tram que dizia demorar 25 minutos para o próximo tram. Como presumi que fosse chegar um pouco atrasado quis mandar um sms (com o meu IPHONE) à Annukka para avisar. Reparei que me tinha esquecido do iphone em casa, volta para trás e vai buscar o iphone, ligeirinho para não perder o tram. Quando finalmente chega o tram vou até porte de italie e entro na estação do metro na qual me dizem alegremente que está fermé! Il n'a pas de metro! ainda por cima no site da RATP dizia que aquela linha tinha 1 metro cada 5 minutos, lá me viram a chegare e decidiram fazer greve, atrasado e lixado da vida tive de ir de porte de italie até place de italie a pé ainda por cima sempre com a chuva a ameaçar. Pelo caminho começo a rever os meus passos da manhã e começo a achar que não tinha posto as folhas na mochila, parei e abri a mochila e tinha-me esquecido das folhas no no quarto! ainda por cima tinha lá voltado por causa do telefone e não as vi. Neste momento estava frustadissimo porque a única razão porque ainda ali estava era porque tinha de levar as folhas para a aula. Com o que já tinha andado não valia a pena andar para trás, assim apanhei um metro na linha 14, que é automática e por isos funciona normalmente em dias de greve e parece que toda Paris se lembra disso, 5 estações versão sardinha enlatada, troco para a linha um mais duas estações carapau de conserva.

Uma vez chegado à sala de aula, uns 45 minutos atrasado, entrei e o professor parou o que estava a dizer e ficou a olhar para mim e eu só lhe disse: "You don't wanna know..." e depois de me pedir para lhe contar a história disse-me. "Pedro, thank you for coming to class". Eu olhei à volta e só estava cerca de metade da turma, é a greve.

O facto de não ter o trabalho impresso não significou nada porque tinha-o no portátil e o efeito foi o mesmo.

É giro ver como os trabalhadores dos transportes têm a cidade nas mãos mas mesmo assim o governo não cede às exigências. Disseram-me que à dez anos houve uma greve dos transportes que durou 2 meses seguidos. Puxa vida!


Mas como nem tudo é mau, deixo-vos com um pequeno jogo, descubram as diferenças!



by neca.

5 comentários:

Andreia disse...

o segundo é o teu!
e é bom saber que vais mudando de roupa, mesmo que o casaco permaneça igual :p

Filipe Freitas disse...

algo me diz que certo iPhone de certa pessoa está desbloqueado

neca disse...

Algo me diz que ambos têm razão!

Ivo da Veiga disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Kahkba disse...

Acho qe.. um e' teu. O outro não.
Ai Neca.. Ai Neca !
hihi
* *