segunda-feira, agosto 11, 2008

Ouch!!!

O mais estúpido, depois do grande aparato causado num cruzamento do Porto, com todos os mirones e opinion-makers juntos no passeio a ver a mota recém acidentada no meio da estrada, o condutor cambaleante a levantar-se, a condutora do carro que virou quando tinha obrigatoriedade de seguir em frente a sair de telemóvel em riste, com todos os vidros partidos ali espalhados, com os retrovisores e capacete a serem "pescados" a vários metros da mota, o mais estúpido foi levantar-me e constatar que, no meio do caos, a mota continuava alegremente a transmitir Rádio Nova, como se nada daquilo tivesse alguma coisa a ver com ela. E não teve.





8 comentários:

Veiga disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Veiga disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
pedro disse...

Second that :)

Não insultaste a mulher?

Midnight in Lisbon disse...

OH NECA ! ESTÁS MESMO VIVO ?
[ e' qe eu tenho um bocadinho de medo de fantasmas.. ] **

neca disse...

A culpa foi obviamente da gaja que virou a esquerda e não podia, e virou sem ver se vinha alguém.

Sim não tive qualquer tipo de lesão graças ao casaco luvas e capacete.

E Goucha, sim, estendido no chão berrei uns belos palavrões e chamei-lhe uns nomes sem na altura saber que era uma mulher.

Estou vivo Sara, não foi desta que te viste livre de mim!

A Leninha chegou lá muito rápido e o meu pai também. O reboque é que demorou como o caraças!

biZarre disse...

:s

Ska disse...

ouch! estes sacanas destes motards... ;)

mas ficaste mesmo fino? ou, pelo menos, não pioraste?

neca disse...

Ska, sim , na realidade só não piorei.


Uma nota importante: O post debaixo em nada está relacionado com este.